Aos 38 anos, jornalista da TV Globo morre com pneumonia

João Cláudio Netto Estrella tinha 38 anos e trabalhava em Brasília 

Resultado de imagem para João Cláudio Netto Estrella
(Foto: Reprodução)
O jornalista João Cláudio Netto Estrella, da TV Globo, morreu neste sábado (29), em Brasília. Ele tinha 38 anos e estava internado desde 18 de maio com problemas respiratórios.

Joãozinho, como costumava ser chamado por amigos, era jornalista político e atuava no Congresso Nacional e teve seu quadro de saúde agravado por conta de uma pneumonia.

Ele se formou na Universidade de Brasília (UnB), trabalhou no Jornal de Brasília e estava na Rede Globo há 13 anos. O velório aconteceu neste domingo (30) no cemitério Campo da Esperança, na Asa Sul. O corpo do jornalista foi cremado.

A morte do jornalista repercutiu entre autoridades e entidades de imprensa do Distrito Federal. O presidente do Congresso Nacional, Davi Alcolumbre (DEM-AP), manifestou tristeza pela perda precoce do produtor de reportagem. "Jornalista criterioso, sério e correto. Perde a TV Globo, e fica mais pobre o bom jornalismo. Perde o Senado, que não mais vai ter a precisa cobertura diária produzida por João Cláudio.", escreveu Alcolumbre em sua conta no Twitter.

O líder da oposição no Senado, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) também lamentou. "O jornalismo brasileiro perde um competente e dedicado profissional, que sempre nos fez acreditar em uma mídia justa, imparcial e coerente. João era um rapaz tímido, mas muito perspicaz! Sempre atento às notícias e disposto a ouvir os dois lados, encantou a todos e fez grandes amizades."

O Sindicato de Jornalistas Profissionais do DF também publicou uma nota de pesar nas redes sociais. "A direção se solidariza com a família e registra a grande perda para a família, os amigos, a emissora e a categoria".
Compartilhar

Por: Paulo Melo

"Não viva para que a sua presença seja notada, mas para que a sua falta seja sentida." (Bob Marley)

0 comentários:

Postar um comentário