Rogério Cruz inaugura, na quinta-feira (09/06), Viaduto Iris Rezende Machado, por onde passarão ônibus do BRT e 150 mil veículos por mês



Estrutura faz parte das obras do BRT Norte-Sul, trecho II, que liga o Terminal Isidoria ao Terminal Recanto do Bosque. Pelo viaduto da Avenida Goiás, que passa por cima da Avenida Perimetral Norte, irão transitar os ônibus do BRT em faixa exclusiva, e veículos em geral, que contam com outras duas faixas em cada sentido. "Fazer com que obras sejam concluídas é pensar na responsabilidade com o dinheiro público, o dinheiro do cidadão", afirma prefeito

Foto: Bernardo Viana.

A Prefeitura de Goiânia inaugura, na tarde desta quinta-feira (09/06), às 16h, o Viaduto Iris Rezende Machado, localizado no cruzamento da Avenida Goiás com a Avenida Perimetral Norte. Além dos cerca de 150 mil veículos por mês, por ele trafegarão ônibus do BRT, que terão duas faixas exclusivas. A estrutura integra o trecho II do BRT Norte-Sul, que faz a ligação entre os terminais Isidória e Recanto do Bosque.

"Fazer com que obras sejam concluídas é pensar na responsabilidade com o dinheiro público, o dinheiro do cidadão", afirma prefeito Rogerio Cruz.

O elevado, que começou a ser construído em setembro de 2020, justamente na gestão do homenageado, o então prefeito Iris Rezende, conta com seis faixas em ambos os sentidos de trânsito: duas para ônibus do BRT e quatro para veículos em geral. A obra foi feita pelo Consórcio BRT Goiânia, sob gestão da Seinfra, ao custo de R$ 9,5 milhões.

"Esse era um cruzamento que sempre causava muito transtorno ao trânsito, já que recebia grande fluxo de veículos, principalmente os de grande porte, que utilizam a Avenida Perimetral Norte como entrada ou saída para municípios como Trindade, Goianira, Nerópolis e as rodovias GOs-080, 070, 060 e BR-153", afirma o titular da Seinfra, o engenheiro Everton Schmaltz. "Com essa intervenção, contribuiremos para o trânsito local. E o BRT terá via exclusiva", pontua.

Números do viaduto
A construção tem 326 metros de comprimento, dos quais 125 metros apenas do viaduto. É formada por 27 vigas de 33 metros, que pesam 195 toneladas cada, e nove vigas de 22,5 metros, com peso de 100 toneladas cada. Durante a obra, cerca de 100 funcionários trabalharam no local, que recebeu 947,27 m³ de concreto e 118 mil kg de aço.

A edificação tem altura máxima de 10,4 metros, largura de 20,8 metros, peso de 1,8 mil toneladas e conta, em seu complexo, com 25 bocas de lobo, 29 postes de energia, com 50 luminárias LED (mais claras e econômicas) e 920 metros de rede elétrica subterrânea.

Na parte inferior do viaduto, no nível da Avenida Perimetral, há calçadas acessíveis em todo o seu contorno, para auxiliar na passagem de pedestres.

Iris Rezende
Quem empresta o nome ao viaduto é o ex-prefeito de Goiânia e ex-governador Iris Rezende Machado, que faleceu, aos 87 anos, no dia 09 de novembro de 2021, em função de complicações decorrentes de um Acidente Vascular Cerebral Hemorrágico (AVCH).

Iris nasceu em Cristianópolis, era formado em Direito, iniciou carreira política como vereador em Goiânia, e foi também prefeito da capital por quatro mandatos, deputado estadual, governador de Goiás por dois mandatos, senador, ministro da Agricultura no governo José Sarney, e da Justiça, no governo Fernando Henrique Cardoso. Carinhosamente lembrado como o "eterno prefeito de Goiânia", Iris era casado com a ex-senadora e ex-deputada federal Iris de Araújo, com quem teve três filhos.

Legenda:
Viaduto Iris Rezende Machado será inaugurado, nesta quinta-feira (09/06), pelo prefeito Rogério Cruz, e foi construído com propósito de melhorar tráfego em Goiânia e facilitar trânsito de usuários do transporte coletivo
Compartilhar

Por: Paulo Melo

"Não viva para que a sua presença seja notada, mas para que a sua falta seja sentida." (Bob Marley)

0 comentários:

Postar um comentário